Concertos pela tolerância

“[…]

Se não puderam começar com a gente, que terminem com a gente — tudo que há de bom. E de ruim…”

“[…]

Agradecimentos a Jean Michel Jarre pela arte da música Digi Sequencer e pelo concerto pela tolerância — seja ela étnica, religiosa, biológica, sexual, etc. Obrigado, cara, pois tenho acompanhado teus trabalhos desde 1994… Quando eu era um simples balconista e vendedor de CDs… Só espero que, se algum dia eu puder levar adiante o meu ‘O maior show da Terra’, muitas entidades de assistência sócioambiental possam ser beneficiadas com isso.”

Sérgio C. Gelassen, excertos da introdução do livro Concertos pela tolerância

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: